Domingo, 12 de Março de 2006

Sampaio decidiu



santopaio.jpgSampaio decidiu. Não consegui-o faze-lo, sem provocar um abanão significativo na sua carismática figura. Estremece no pódium que habitava serenamente . Pódium que apresenta os primeiros sinais de desmantelamento. A Esquerda anseia saltar para o poder. Sampaio era um dos ases do baralho, mas eis que, carta jogada deu cartada perdida . Tratava-se de arrombar a porta e de usar a força . Sampaio não dá aval a esta atitude, não ignora forças sociais opostas, não ignora a estabilidade social aceita democraticamente a presença de adversários políticos e reconhece-os dando-lhes o legal direito de existir. Agiu bem. Foi bonito de ver. Mas Sampaio o nosso presidente, era o baluarte da esquerda que nele depositava a esperança e nele confiava para obter cobertura para os seus intentos. Acontece que a vida social não é só um jogo de lutas e de interesses partidários. Existe a razão. E tudo mais ou menos funciona em torno dela e por vezes é em função dela que as coisas têm de acontecer. O presidente perde carisma , paga a factura de desobediência aos seus, mas acredito ganha futuro porque por paradoxal que parece toma a atitude mais credível.


 

Seguem-se interessantes extractos de opiniões expressas em blogs  e jornais da época:_

postado in J. TUNES (bota acima)
- Todas as sondagens mostram que o Pr.</a></a></a></a></a> (este e os anteriores)tem sido sempre a figura de respeito e consideração mais alargadas em toda a classe política. As quietudes com que os Pr.</a></a></a></a></a> atravessavam os seus mandatos foi agora rompida e atira-o para a primeira linha do fogo político. Pela primeira vez, um Pr.</a></a></a></a></a> tornou-se polémico, respeitado por quem dele não gosta e detestado por muitos daqueles que nele se reviam e o elegeram................................................ ..............................................................


o erro de Sampaio despoletou rejeição política com foros de afronta política e pessoal. Não faltaram as lágrimas e dores de alma gritadas. Não faltaram os que, simbolicamente, rasgaram o boletim de voto que lhe haviam dado. Como ainda sobram os que lhe esbofeteiam a cara, retirando-lhe credibilidade, incluindo quem se amanha politicamente (para sobreviver), continuando a sentar-se a seu lado no Conselho de Estado. Para cúmulo, este homem da esquerda mansa, vê-se reduzido ao amparo do cinismo da direita,
Também a mim me doeu a decisão de Sampaio.


A sua adaptação ao lugar de Pr.</a></a></a></a></a> resultou bem porque JS casava bem com a individualização do cargo. A essencial função de representação atribuída ao Pr.</a></a></a></a></a>, assentava que nem uma luva à sua forma, mais pensada que activa, de estar na política. O problema foi (é) quando teve de decidir no meio de um imbróglio. E a tragédia deu-se.


Postado em quadratura do circulo
O Presidente da República tomou uma decisão que, certamente, foi difícil. Apoiou-se em sucessivas audiências a personalidades, partidos e instituições do Estado, a fim de sentir o pulsar da sociedade. Justificou a decisão tomada, nas suas vertentes mais importantes e comunicou a decisão. Decidiu, assumindo a responsabilidade dessa decisão, num país em que a assunção de responsabilidades é difusa. Se a sua decisão foi ou não a mais adequada, a história vindoura o julgará.


Postado EM</a> J. TUNES bota acima                             A cumprir-se o calendário de audiências do Pr.</a></a></a></a></a> sugerido peloAlentejanando,estamosfeitos.               É que, segundo ele, o Jorge Sampaio só deve decidir depois de ouvir:
Tino de Rãs, Machado de Assis (a pedido do Santana),Zezé Camarinha ,Equipa Técnica da Selecção ,Luís Delgado (a pedido não sei de quem???),Nuno Rogeiro ,Rei da Suazilândia (por pressão do D. Duarte de Bragança),Astróloga Maya (por sugestão do Professor Karamba),Narciso Miranda e Manuel Seabra (em audiência conjunta – esta sugestão do Pinto da Costa cheira-me a esturro?),Senhor José Barroso (um emigrante que solicitou telefonicamente uma audiência – mas eu conheço aquela voz de qualquer lado?)D. Afonso Henriques O Grupo de Forcados do Aposento do Barrete Verde, Os Pauliteiros de Miranda


Fernanda Valente - Governo de iniciativa presidencial               No seu círculo de conhecidos e amigos, o Dr. Jorge Sampaio é tido como uma individualidade de inteligência superior. A prová-lo está a longa demora que ele nos está a impor, a nós cidadãos expectantes, quanto à sua tomada de decisão sobre se vai haver ou não eleições antecipadas ou, se opta pela solução da continuidade,


 


MANUEL JESUS EM</a> Quadratura.Circulo.                                                O Presidente da República acaba de garantir a substituição de um governo demissionário por outro também ele demissionário da Câmara de Lisboa. Em nome da estabilidade das instituições o Sr. Presidente da República acaba de garantir a continuidade de políticas cozinhadas nos bastidores o Presidente Jorge Sampaio, atraiçoou todos aqueles que nele votaram. Exigimos o respeito e a dignidade que merecemos e, assim, mais que rigor e estabilidade no poder, exigimos coração e lealdade. por aqueles que vêm o povo como números,


Nuno Rocha - em Democracia chora                  Alguém chora, mas quem chora? A democracia chora. Chora porque ninguém lhe ligou, nem mesmo aquele que deveria ser o seu maior guardião, o Presidente da República.


Amora da Silva - em Duas traições.                        Dia 9 de Julho de 2004, o Presidente da República Jorge Sampaio deu de bandeja à direita o que esta sempre sonhou e não havia conseguido: um governo e um presidente. E sem eleições e com uma minoria. Depois de Barroso ter traído o seu eleitorado de direita ou centro direita, foi agora a vez de Sampaio trair o seu eleitorado de esquerda ou centro esquerda. Pois é, senhor Presidente, é assim que se perde o respeito que já mais do que uma vez clamou e reclamou para os políticos; é assim que os cidadãos se desencantam com a política;


EM</a> mar salgado

QUEM É AMIGO...?: A esquerda anda para aí a rasgar as vestes por causa de o Pr.</a></a></a></a></a> não ter convocado eleições antecipadas. Posso compreender esses lamentos de indignação quando vindos do PCP e do BE, mas fico confuso com os protestos do PS.
Na verdade, foi, com grande probabilidade, uma péssima decisão para o País, mas uma excelente decisão para oS interesses do PS.
Por um lado, conduziu à demissão de um líder notoriamente desgastado, fragilizado e sem discurso. Não estão em causa as razões que levaram a essa vulnerabilidade, mas apenas o facto inegável da sua existência. Como se sabe, a política tem uma lógica diferente do mérito ganho com a seriedade, a coragem e a competência. Em suma: a demissão de Ferro Rodrigues - que já se tinha anunciado como inevitável no momento das desastradas intervenções a propósito do processo Casa Pia -, por mais "injusta" que nos surja no plano ético e emocional, é um benefício para o PS.
Por outro lado, e em consequência dessa vulnerabilidade, não é certo que Ferro ganhasse eleições contra Lopes. Em caso de derrota, a obrigatória demissão de Ferro implicaria a escolha de um líder que aboborasse durante quatro anos na oposição. É muito duvidoso que esse cenário fosse do agrado de António Vitorino.
Assim sendo, só a falta de sentido estratégico, a reserva mental ou o secreto prazer de gozar com a direita podem levar os socialistas a queixar-se da decisão de Sampaio. 


EM</a>          "mar salgado"


LOUÇÃ ACUSA II: Há coisas que não consigo compreender. Passo os olhos pela imprensa e quase ninguém se manifesta contra o facto de um líder partidário, deputado à Assembleia da República, afirmar claramente que o Presidente da República cedeu a interesses e tomou uma decisão irresponsável. Que diabo! Eu também não gosto muito deste Presidente da República mas é o que temos, é nosso, representa o nosso país e sobre ele não podem ser ditas coisas destas impunemente. É preciso que alguém chame à perna o Dr. Louçã e o faça pedir desculpa pelo que disse, retirar essas afirmações ou, em alternativa, o faça responder por elas. O que não pode acontecer é que o Dr. Louçã diga coisas destas sobre o Presidente da República sem que ninguém se ofenda. A não ser que passemos a considerar o Dr. Louçã como um inimputável. 



EM</a>   "local imperfeito"        Comentário Político


“De bestial a besta… afinal nada mudou em Portugal”
O presidente da República. Sr. Dr. Jorge Sampaio, tornou uma decisão, dentro do enquadramento democrático estabelecido na Constituição, e o resultado é o seguinte:


 1 - Uma chuva de vozes questionando a sua legitimidade para o fazer pois teria sido eleito com os seus votos, ou seja, estas pessoas estão a classificar o Pr.</a></a></a></a></a> de traidor. Os arautos da democracia e liberdade estão a cobrar do Pr.</a></a></a></a></a> os seus votos através dos quais teriam direito a outra decisão. Meus senhores, difamar o Pr.</a></a></a></a></a> é crime e cobrar favores é tentativa de corrupção.


 2 – Outros, com tendência a devaneios mais descontrolados, acrescentam que estamos perante uma maioria, um governo e um presidente, expressão atribuída ao saudoso Sr. Dr. Francisco Sá Carneiro num contexto politico de má memória, ou seja, para além de traidor terá pela frente o cadafalso tal como a família do Czar Russo.Medíocre o estado da nação que pensa desta forma.

Tugir2.jpg



Publicado por pfmc2 em 12:50 AM | Comentar (1)

PR novo.jpg 

Postado em "Anomalias e imperfeiçoes"


 Na luz pardacenta de céu houve um eclipse momentâneo. O instante de perplexidade durou apenas um instante e logo a voz de Jorge, o pachorrento cão de guarda de toda quinta, a quem todos chamavam de - Sr. presidente - ecoou de novo, agora mais firme que o habitual : - Onde está o Durão, o primeiro que rege o governo da quinta? Acordados pela voz austera do Jorge, todos os animais que formavam o governo da quinta tentaram justificar-se:............................................... .......................................................................................................... O presidente de todos os animais, o cão pachorrento de seu nome Jorge, recolheu à sua casota e durante vários dias ninguém o viu, apenas sentiam no ar, o seu cheiro e os uivos que lançava, lancinantes, à lua. Esta angústia durou vários dias, até que finalmente, Jorge chamou toda aquela fauna desiludida e humilhada e a palavra ecoou, gritada a medo, por parecer ou miragem ou blasfémia : ........................................................................ ........................................................................................................... - Santana...Santana, o galo, formará o novo governo da quinta! O coração frágil da quinta estremeceu, tornara-se evidente que Jorge, acabara por ceder à prepotência do cherne desertor, e impotente acabara por aceitar o presunçoso galo cuja crista, quase não lhe cabia na cabeça de tão inchada de vaidade. As suas manobras para ocupar a liderança da quinta haviam surtido efeito e Jorge, tentando salvar a sua obra, melancólica e submissamente, fechava assim todas as hipóteses de serem, os próprios animais a decidir os seus próprios destinos.

blogeiroleitao2.JPG O blogueiro, Leitão da Silva que aqui nesta fotografia a preto e branco até ficou bem favorecido, continua magoado com a traiçao do seu presidente que segundo ele deveria ter desfeito o governo (nem que fosse á punhada) para irem todas ás antecipadas.  Ontem viu um artigo postado no "mar salgado" que o deixou todo baralhado. Aí vai uma cópia.


IN mar salgado

SAMPAIO E O INTERESSE NACIONAL: Tendo sempre (ou quase sempre) assumido uma postura crítica relativamente à actuação de Jorge Sampaio com PR, cumpre-me elogiar a coragem e o carácter revelados por Sampaio na decisão de manter o actual parlamento.
Sampaio foi confrontado com uma situação em que o PM apenas aceitaria demitir-se e rumar a Bruxelas caso a estabilidade política fosse assegurada, com a nomeação de novo PM saído da maioria no poder. Por outras palavras, Sampaio foi confrontado com a opção entre o interesse nacional - de aproveitar a oportunidade única de ter um presidente da comissão europeia português, apesar das consequências internas imediatas - e as suas posições políticas e relações de amizade pessoais com a liderança do PS - que impediriam que Durão avançasse ou que motivariam a convocação de eleições antecipadas.
(A)normalmente, já estamos habituados a que a política funcione por interesses pessoais e ciumeiras - de quem já cobiçou o cargo que Durão vai desempenhar - ou por mero interesse partidário - em que a "janela de oportunidade" de chegar ao poder leva a que o interesse nacional (neste caso, óbvio) seja precipitado por essa mesma janela. Daí que não espante a reacção de algumas figuras da esquerda.
Neste caso e graças a Jorge Sampaio prevaleceu, e bem, o interesse nacional. 

blogeueiroletazito.bmp O blogueiro , o sr. Leitão da Silva Formado decidiu ir de fim de semana e optou pela praia e tudo por causa do calor (muito calor) e tambem, porque esta coisa da política está uma grande confusão.É melhor deixar serenar os ânimos.

De traidor a notário


leitaoleitao.bmp

 O blogueiro Leitão Correia ainda ressentido com o presidente, já não o chama de traidor, agora entende-o como o "notário" porque não inviabilizou a vida deste governo. Numa atitude agora bem mais condescendente,manifesta bem o apreço e a simpatia que nutria pelo presidente, que o defraudou nas suas intensas espectativas e em plena luta social .

imagem postado em Bota Acimavais ter que ter paciencia de chines para aturares o governo de que es notariio.jpg

(Num extracto de um texto no Expresso da autoria de Fernando Farinha) "Preto no branco" pode lêr-se:_                                        Pretender que o Presidente da República pense apenas na estabilidade e na observância das regras constitucionais aplicáveis é pedir-lhe que se reduza á condição de notário

O Presidente por sua vez refere a certa altura uma frase que é mais ou menos isto:_ "Lembrem-se que existe povo para além das instituições" 

ZP QUERO DIZER VOS.jpg

publicado por pfmc às 01:08
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

.mais sobre mim

.Fevereiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29


.posts recentes

. ...

. natal2007

. red bull

. sorrisos nos momentos de ...

. sexta feira dia 13 OLÉ

. Feliz Natal

. sócratesContestado

. abusos nas praias portugu...

. migração

. "Criança castigada"-versu...

.arquivos

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Julho 2006

. Março 2006

.tags

. todas as tags

.favorito

. PEQUINÊS_Tempo de exercí...

.links

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds